Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

Resposta ao desafio João Reis De Sá

E lembrou do seu pai que já tinha falecido à dois anos lembrou o rosto dele que era muito parecido com rosto do filho. A mãe pensava muitas vezes no marido e o filho que não gostava de ver a sua mãe triste tentava anima-la o qual era difícil mas conseguia. No dia em que o pai morreu o filho não sabia de nada, vinha da escola quando chegou a casa bateu à porta e ninguém a abriu, o que não era habitual porque o pai dele estava sempre em casa quando ele chegava, então decidiu avançar o muro mas tinha medo porque nunca tinha subido tal muro. Quando desceu para o outro lado viu o pai estendido no chão, já sem vida. Quando viu aquilo começou a chorar e ligou logo para a mãe a pedir ajuda quando ela chegou a casa abraçou o filho que estava a chorar tal como a mãe. Lembrando isto tudo abanou a cabeça e começou a chorar ao lembrar tudo aquilo, abraçou a mãe e contou porque que estava a chorar.
publicado por secreting às 09:58
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Professor Paulo Faria a 26 de Novembro de 2007 às 19:29
Já há muito que esperava este post. Parabéns, mas olha que há umas coisitas a corrigir... (graves).
De secreting a 29 de Novembro de 2007 às 14:51
Obrigado pelo conselho.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. ...

. "A carta"

. Texto do teste

. Resumo da aula de Terça- ...

. ...

. Poema "O Sofrimento"

. "O sabor da liberdade"

. O livro que estou a ler

. O dia mundial do livro

.arquivos

. Junho 2009

. Março 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

.links

Contador de visitas
Contador de visitas
blogs SAPO

.subscrever feeds